Você está aqui: Página Inicial / Blog / 5 razões para não usar o e-mail do trabalho para assuntos pessoais

5 razões para não usar o e-mail do trabalho para assuntos pessoais

Por que usar uma conta de e-mail corporativo para assuntos pessoais não é uma boa ideia.

Muitas pessoas sabem que usar uma conta de e-mail pessoal para correspondência comercial é uma má ideia, mas não veem nada de errado em usar um endereço corporativo para se registrar em redes sociais, serviços online e outros recursos não relacionados ao trabalho. Afinal, é útil receber todas as mensagens de trabalho e pessoais em uma única caixa de entrada.

Dito isso, é difícil encontrar alguma fonte confiável que recomende tal prática. De desequilíbrio na relação vida pessoal e profissional a violações de privacidade (a gerência e os administradores podem ter acesso à sua correspondência de trabalho), perda de acesso a serviços em caso de demissão e mais, as razões para não misturar e-mail comercial com pessoal são inúmeras. Na verdade, a primeira consideração que deve impedir um funcionário de usar uma conta de correio corporativo para assuntos pessoais é a segurança da informação.

1. Torna mais fácil identificar um perfil

Antes de enviar um e-mail de phishing para um funcionário específico, os cibercriminosos coletam informações online, usando ferramentas especializadas para saber qual endereço alguém usa em redes sociais, plataformas online e assim por diante. Usar um endereço corporativo para fins não comerciais facilita identificar seu perfil, ajudando os invasores a construir seu retrato social, tornando-o mais vulnerável a spear-phishing no primeiro estágio de um ataque à empresa.

2. Facilita o spear-phishing

Os cibercriminosos escolhem os truques que acham que melhor envolvem suas vítimas. Se eles descobrirem que você usou seu endereço de e-mail corporativo para se registrar em outro lugar, eles sabem que você provavelmente vai acreditar num e-mail de phishing. Tudo o que precisam fazer é disfarçar sua mensagem como uma notificação legítima de um serviço no qual você realmente está registrado.

3. Fornece aos criminosos uma cortina de fumaça

Normalmente, tudo o que um cibercriminoso precisa para que um ataque seja bem-sucedido é tempo. É por isso que muitos serviços enviam uma nota ao titular da conta se você ou qualquer outra pessoa tentar fazer login a partir de um endereço IP desconhecido ou tentar alterar a senha. Claro, para ficar à frente dos cibercriminosos, você precisa saber sobre esses avisos o mais rápido possível. Para isso, organize uma profusão de notificações em sua caixa de correio. Se você vinculou seu endereço a recursos externos, quando cibercriminosos (ou seus bots) começarem a usar força bruta para entrar em sua rede social e outras contas pessoais, sua caixa de entrada será rapidamente preenchida com avisos e alertas.

4. Mais phishing em massa e malware na caixa de entrada

Quando se trata de proteger os dados dos clientes, nem todos os recursos online nasceram iguais — daí as manchetes quase diárias sobre vazamentos online. E bancos de dados vazados são muito populares entre os que enviam spam em massa, já que simplesmente compram listas de endereços para inundar com links maliciosos ou mensagens de phishing. Essencialmente, quanto mais recursos você vincular à sua conta de e-mail corporativa, mais ameaças em potencial você verá em sua caixa de entrada.

5. A vista se turva

Por falar em ver mais mensagens na sua caixa de entrada, esse volume extra pode causar problemas. Com maior variedade — por exemplo, e-mails não comerciais entre mensagens comerciais — os itens perigosos se tornam mais difíceis de detectar. Quanto mais e-mails pessoais você ler durante o horário comercial, maior será a probabilidade de você clicar acidentalmente em um anexo malicioso ou seguir um link de phishing.

Mesmo que você não use um endereço comercial para assuntos pessoais, é importante implantar meios técnicos para se proteger contra spam e phishing. Quanto mais camadas de proteção, melhor. Recomendamos proteger a infraestrutura corporativa contra phishing nos níveis de servidor de e-mail e de estação de trabalho.

Adaptado de: 5 razões para não usar o e-mail do trabalho para assuntos pessoais (kaspersky.com.br)