Você está aqui: Página Inicial / Notícias / 1 bilhão de registros de dados foram roubados na internet em 2014

1 bilhão de registros de dados foram roubados na internet em 2014

O número de registros de informações violados na internet aumentou em 49% em 2014, com quase de 1 bilhão de registros comprometidos em 1 500 ataques, segundo a empresa de segurança digital Gemalto. Em 2013, foram 575 milhões de registros comprometidos.

O tipo de ataque mais comum foi o roubo de informações pessoais, que respondeu por 54% das invasões.

Por dados pessoais, considera-se qualquer informação que identifica uma pessoa, como endereços de e-mail, nomes, senhas, dados bancários e números de plano de saúde e seguro social.

A Gemalto afirma que apenas 4% das informações violadas estavam criptografadas, parcial ou completamente.

A seguradora Anthem, por exemplo, guardava os números de seguro social de 80 milhões de usuários em um sistema que não era criptografado.

Na semana passada, a empresa descobriu que hackers invadiram seu banco de dados e roubaram as informações de dezenas de milhões de clientes.

Na Europa, o líder de ataques foi o Reino Unido, com 117 invasões, seguido pela França, com 9, e a Alemanha, com 8. O Reino Unido foi o segundo país com mais invasões, atrás apenas dos Estados Unidos. Cerca de 76% dos roubos de dados durante 2014 aconteceram em território americano.

O setor do varejo foi o segmento que mais sofreu com os ataques, e viu sua parcela nos roubos de dados aumentar de 29% em 2013 para 55% em 2014. Agencias governamentais e outras organizações do poder público sofreram 17% dos ataques, envolvendo 50 milhões de registros.

"Estamos enxergando uma mudança nas táticas dos cibercriminosos, com roubos de identidades duradouros tomando o espaço de roubar números de cartões de crédito", afirma Jason Hart, executivo da Gemalto.

 

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/seguranca/2015/02/1-bilhao-de-registros-de-dados-foram-roubados-na-internet-em-2014-diz-pesquisa.shtml